Notícias

voltar para a home
12 | Junho

IBD

publicado em 12/06/2019

Entre participantes da Bio Brazil Fair, IBD Certificações se consolida como referência em certificação e qualidade no mercado de orgânicos e naturais

Empresas com prestação de serviço pela entidade destacaram a importância da certificação para o desenvolvimento dos seus negócios



 
O IBD Certificações, maior certificadora de orgânicos da América Latina e a única brasileira de produtos orgânicos com credenciamentos e selos do mercado internacional, esteve presente na 15ª edição da Bio Brazil Fair. O evento, maior feira de orgânicos e evento de negócios do setor na América Latina, foi realizado entre os dias 5 e 8 de junho, no Pavilhão do Anhembi, em São Paulo, capital. No local, foi montado um estande entre os expositores, onde os interessados puderam tirar todas as dúvidas sobre os serviços do IBD.
 
Segundo dados da organização, a Bio Brazil Fair e a Natural Tech reuniram 672 empresas expositoras, 33% mais do que no ano anterior. Entre lojistas, compradores, profissionais de saúde, profissionais do setor e consumidor final, foram 44.140 visitantes nos quatro dias. O crescimento também ficou evidente na presença internacional - mais de 30 empresas de 13 países, como Alemanha, Áustria, Chile, Coreia do Sul, Itália e Japão.
 
Neste ano ano, o estande do IBD trouxe algumas novidades. Entre elas, um aplicativo para gestão de certificação orgânica para o produtor integrado à certificadora. Também foram mostrados diversos serviços do IBD que não param de crescer e adicionados novos selos, como o ISCC (International Sustainability and Carbon Certification - https://www.iscc-system.org/certificates/valid-certificates/) e SAI Platform (Sustainable Agriculture Initiative - https://saiplatform.org/members/), importantes na área de sustentabilidade
 
 
O diretor executivo da IBD Certificações, Alexandre Harkaly, lembra que o Brasil já conta com 19 mil produtores orgânicos. Neste contexto, participar de grandes eventos como a Bio Brazil Fair e Naturaltech dá ainda mais visibilidade para quem atua neste mercado segmentado, o que fortalece toda a cadeia de produção.
 
“A dimensão do mercado orgânico está atingindo há um tempo, uma diversidade, uma maturação profissional, que é visível na feira. Hoje, no orgânico, cabem a agricultura familiar, o agronegócio e as grandes produções, que estão no Brasil. É um crescimento em todos os níveis, em todas as formas de acesso ao mercado.
 
Para Harkaly, a agricultura familiar está descobrindo, cada vez mais, que um pequeno produtor familiar pode empresariar o seu negócio e ter um grande sucesso na escala dele porque é um produto com alto valor agregado. “Já vi pequenos produtores fazendo questão de colher todos os ovos do galinheiro, porque eles conseguem vender na feira uma dúzia de ovos a R$ 12, R$ 15, quando o preço do convencional não chega a isso”, complementa.
 
Zezé Ferri Viesi, diretora da Almanati, empresa de cosméticos naturais e orgânicos certificada pelo IBD, comenta que as pessoas têm buscado um estilo de vida mais saudável e estão interessadas em saber a procedência dos alimentos que consomem. Ela lembra que esse ciclo se repete no segmento da beleza.
 
“A pele é nosso maior órgão e as mulheres utilizam muitos produtos para cuidar da aparência. Por isso, identificamos essa oportunidade de posicionar nossa marca nesse mercado da beleza natural e de trabalhar com matérias-primas da diversidade brasileira”, explicou a empresária, que aproveitou a feira para lançar sua nova linha de maquiagem, sabonetes e de aromas de ambientes.
 
De acordo com ela, os serviços do IBD Certificações foram fundamentais no desenvolvimento das fórmulas da Almanati feitos pela própria empresa, principalmente por aplicarem critérios de escolha de fornecedores e matérias-primas tomando por base as normas de produção. “Tenho notado uma grande evolução em nosso trabalho com o IBD, que está sempre atualizado em relação às exigências de documentação e também é muito importante em sua atuação junto aos produtores que estão lá na ponta. Nos dá tranquilidade poder contar com matérias-primas já certificadas pelo IBD”, justificou.
 
Reginaldo Morikawa, diretor superintendente da Korin - que completa 25 anos de atuação no mercado de alimentos - falou da apresentação, na Bio Brazil Fair, do novo produto da empresa: o frango totalmente livre de transgênicos, linha intermediária entre o convencional e o orgânico. “Hoje esse produto sustentável é uma realidade. Temos, inclusive, inspirado outras empresas do setor”, disse.
 
Sobre o IBD, Morikawa enfatizou que a Korin sempre foi bastante produtiva, já que a empresa tem atuação internacional, o que ajuda a viabilizar caminhos para a exportação. “O selo do IBD está em praticamente todos os nossos produtos. Para nós é a melhor certificadora de trabalho e a que tem mais contato com a realidade da produção dos animais, o que potencializa nossos resultados e nos dá segurança para enfrentar nossos desafios”, declarou.
 
O mundo dos orgânicos
 
De acordo com a IFOAM (International Federation of the Organic Agriculture Movement), mais de 180 países produzem orgânicos. No mundo, 2,7 milhões de produtores orgânicos ocupam 58 milhões de hectares (1,2% das terras cultiváveis do planeta) e geram uma receita da ordem de US$ 90 bilhões por ano.
 
Só no Brasil, a produção orgânica faturou R$ 4 bilhões em 2018, sendo que US$ 130 milhões (R$ 480 milhões) vieram das exportações – um aumento de 10% sobre o ano anterior, segundo o ORGANIS – Conselho Brasileiro de Produção Orgânica e Sustentável.
 
Sobre o IBD
 
Com sede em Botucatu, no interior paulista, o IBD é a maior certificadora orgânica da América Latina e a única brasileira de produtos orgânicos com credenciamentos e selos do mercado internacional. Conta com uma equipe especializada de inspetores que fiscalizam as propriedades agrícolas e os processos de produção para verificar se o produto está sendo cultivado e/ou processado de acordo com as normas orgânicas e biodinâmicas.
 
A entidade oferece mais de 15 selos para diferentes segmentos, como apicultura, pecuária de corte e leite, processamento de alimentos, produção agrícola, de cosméticos, de insumos, de vinho, têxtil, entre outros.
 
O IBD Certificações também ministra cursos sobre entendimento das normas e palestras. Os participantes têm a oportunidade se capacitarem e de se atualizarem com as principais leis e normas orgânicas.
 
Mais detalhes podem ser conferidos no site www.ibd.com.br.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Eventos

26 | Junho

Feira

26ª Hortitec

20 | Agosto

Feira

Food ingredients South America
mais eventos

Clientes IBD

  • [escolha um país]
  • buscar

Insumos Aprovados

  • buscar
Endereço: Rua Amando de Barros, 2275 - Centro - CEP: 18.602.150 – Botucatu - SP

(14) 3811-9800

© Copyright - A publicação ou uso dos textos e imagens contidas nesse site só serão permitidas com a autorização devida do IBD